3 de março de 2021

Após apagão, Alcolumbre e ministro de Energia seguem para o Amapá

Presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre (DEM), vai para o Amapá

Presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre (DEM), vai para o Amapá
Edilson Rodrigues/Agência Senado – 29.09.2020

Após o colapso no sistema de abastecimento de energia elétrica no Amapá, uma reunião foi realizada neste sábado (7) entre o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, e a área técnica. O objetivo era discutir a gestão da crise no Amapá. Após o encontro, Alcolumbre e Albuquerque decolam para o estado. A previsão de partida é às 14h.

Atuam politicamente junto ao governo federal para normalizar a situação, os senadores do Amapá, Davi Alcolumbre (DEM) e Randolfe Rodrigues (Rede). A expectativa é de retomada paulatina do abastecimento, interrompido desde terça-feira (3).

Nas redes sociais, Alcolumbre escreveu: “Consegui garantir junto ao ministério de Minas e Energia 150 MW de energia, em caráter emergencial, para socorrer a população do nosso Amapá. Isso equivale a quase 70% do total do Estado. Estou dedicando todo o meu tempo para solucionar, o quanto antes, esse problema”.

De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, o abastecimento de energia de todo o estado era feito por apenas um transformador, que pegou fogo. “Dos três transformadores da empresa estadual de energia, um está em manutenção desde dezembro de 2019. Outro ficou destruído após pegar fogo. E um terceiro carecia de manutenção básica para voltar a funcionar.”

Houve protestos no estado com barricadas e panelaço e, na manhã deste sábado, o fornecimento de energia foi retomado parcialmente em alguns bairros. O blecaute deixou 14 dos 16 municípios do estado sem luz.

You may have missed

11993455895
× Atendimento via WhatsApp